Palavras chave em SEO

(SEO) como Escolher Palavras Chave

As palavras-chave que você escolhe são fundamentais para o sucesso de seus anúncios, seus clientes nunca verão seu anúncio se você não escolher as palavras chaves certas.

Tente se colocar no lugar deles, o que eles podem pesquisar?

Quando um usuário pesquisa, ele quer ver um anúncio relacionado diretamente com a sua busca, ele quer encontrar o que procura de maneira rápida e simples.

Isso significa que suas palavras chaves devem ter uma relação de proximidade com seus anúncios e com a página de destino em seu site.

A boa notícia é fácil fazer isso em sua conta do AdWords basta seguir três Passos simples.

Em seus produtos e serviços, que palavras ou frases seus clientes usariam como descrição.

Não se esqueça de incluir todos os nomes de marcas e produtos além das variações e plurais relevantes.

A competição pode ser assustadora, especialmente quando se trata de SEO e de como escolher palavras-chave ideais.

Ao tentar classificar para uma palavra-chave, você pode competir com um estagiário júnior, ou você pode competir com uma empresa que trabalhe com SEO avançado.

Normalmente, você estará competindo com outros profissionais de SEO em torno do seu próprio nível de habilidade, mas nem sempre esse é o caso.

A boa notícia é que, se você separar um tempo para fazer uma análise abrangente de concorrência de palavras-chave, você vai ser capaz de escolher palavras-chave que não foram alvo dos profissionais de SEO mais habilidosos em seu nicho.

Embora isso possa gastar muito tempo agora, você vai economizar muito mais no longo prazo.

Supondo que você já está produzindo conteúdo de alta qualidade, você conseguirá muito mais facilmente fazer esses conteúdos serem vistos e classificá-los altamente nos rankings do Google e outros motores de busca.

Você vai precisar exponencialmente de menos backlinks, o que vai economizar uma tonelada de tempo e dinheiro.

Na verdade, há apenas uma pequena quantidade de palavras-chave de baixa concorrência, em um nicho, num determinado período (novas palavras-chave surgem como outras desaparecem).

Posicionar para apenas uma quantidade de palavras-chave de baixo volume, mas de baixa concorrência, vai iniciar o seu tráfego de busca orgânica. O tráfego tem uma tendência de crescer exponencialmente.

 

Ao construir sua autoridade e confiança com os visitantes e os motores de busca, você vai ser capaz de começar a posicionar para termos mais competitivos, sem qualquer novo investimento importante.

Eu vou te mostrar um método detalhado de como escolher palavras-chave para você direcionar. Nada disso é muito complicado, mas dá um grande trabalho. Esteja preparado para começar agora e isso vai lhe poupar esforço a longo prazo.

 

A Análise de Concorrência

Análise de concorrência da palavra-chave é uma estimativa da competição por uma palavra-chave, mas não é uma ciência.

Só porque uma palavra-chave parece ser fácil, ou mais fácil do que outra palavra-chave para classificar, não significa que será assim em todos os casos.

Sim, análise de concorrência é muito útil. Ela lhe dará uma boa ideia do nível de competição que você irá enfrentar e onde estão suas oportunidades.

No entanto, lembre-se de que seus resultados não serão sempre precisos. Há 2 razões principais para isso.

Mesmo sabendo quais fatores de ranking são os mais importantes, não podemos quantificá-los exatamente.

Sua análise da concorrência é um reflexo de como você acha que o Google classifica sites. Mas até mesmo equipes de analistas muito inteligentes não são capazes de recriar o algoritmo de classificação do Google.

Isto significa que a nossa metodologia de análise da concorrência não é 100% exata.

 

Além disso, o Google muda constantemente seu algoritmo (cerca de 500 vezes por ano).

 

Assim, mesmo se você é capaz de prever perfeitamente o nível de competição para uma palavra-chave hoje, isso poderá mudar facilmente em algumas semanas ou meses.

Ao fazer a análise para escolher palavras-chave, você sempre terá de enfrentar um equilíbrio entre eficiência e precisão.

Quanto mais fatores do ranking você analisar, mais recursos (tempo e dinheiro) você vai precisar para fazer a sua análise de concorrência.

Se você só levar 1 ou 2 fatores de ranking em conta, você poderá fazer a análise de concorrência rapidamente, mas não vai ser muito precisa. Ao adicionar mais fatores de ranking na equação, você começa a obter resultados mais precisos, mas demandará mais tempo.

Cabe a você decidir sobre um bom equilíbrio entre eficiência e precisão para a sua situação.

 

fatores mais importantes para considerar

A principal estratégia por trás de escolher palavras-chave a partir da análise de concorrência é ver como se saem as páginas no topo do ranking, quando se trata dos fatores de SEO mais importantes.

Por exemplo, um dos fatores que nós vamos analisar é o número de backlinks.

Se uma página tem 0 backlinks, é provável que seja mais fácil de vencê-la do que uma página com 100 ou 1.000 links.

Quando fazemos isso com vários fatores, somos capazes de ver se uma palavra-chave é de “baixa concorrência” ou “alta concorrência”. Em seguida, você pode decidir se quer ou não direcionar para essa palavra-chave.

Nosso primeiro passo é decidir sobre quais fatores devemos considerar em nossa análise de concorrência.

Para fazer isso, vamos ao relatório do SearchMetrics, de 100 páginas, sobre os fatores de classificação mais importantes.

Dados deste relatório são compostos de mais de 100.000 diferentes páginas de resultados de motores de busca (SERPs).

A equipe analisou diferentes potenciais fatores de classificação para ver se sites no topo dos rankings tenderam a pontuações mais elevadas (em relação a esses fatores) do que sites de baixa classificação.

Abaixo está uma imagem dos fatores com mais correlações, o que significa que os melhores sites tendem a ter a maioria desses fatores:

Auditores de palavras chave

Uma coisa importante a lembrar é que a correlação não é igual a causa.

Isto significa que apenas porque os sites no topo do ranking tinham um monte de curtidas e engajamento no Facebook, não quer dizer que isso faz com que você classifique no topo.

Na verdade, nesse caso específico, é mais provável que isso não aconteça. Sites no topo dos rankings obtém mais tráfego, o que provavelmente leva ao aumento no compartilhamento social.

Além disso, os sites que têm muitos seguidores sociais são geralmente grandes sites que já têm uma alta autoridade de domínio, de modo que, naturalmente, a classificação é mais elevada.

 

Porque Backlinks São importantes

Durante anos, nós sabemos que backlinks ajudam. No entanto, o Google declarou no passado que os indicadores sociais não afetam a classificação.

Alguns estudos de casos registraram aumentos temporários no ranking por causa dos sinais sociais, mas esse não é um fator que eu gostaria de sugerir para você focar sua atenção neste momento.

Neste post, eu vou olhar para os fatores mais importantes que são conhecidos para ajudar a classificar as páginas. Se você quiser pesquisar ainda mais a fundo na sua própria análise, então você é bem-vindo.

Quando um site faz link para um outro site, isso conta como um “voto” para o site que está sendo linkado. Isso não é nada novo.

Sabemos que backlinks são um fator chave de classificação, e eles precisam ser parte de qualquer análise.

No entanto, precisamos de olhar para eles em alguns níveis diferentes, que é onde ele pode ficar um pouco complicado para iniciantes.

Em primeiro lugar, é preciso considerar que backlinks são importantes, tanto a nível de página (links para a página exata), e um nível de domínio (quantidade total de links para todas as páginas do domínio).

Em segundo lugar, é preciso considerar que nem todos os links são criados iguais. Os links podem ter valor diferente com base em qual a página que estão localizados.

Para analisar backlinks, você precisa de uma ferramenta de banco de dados de backlinks. Para uma análise séria, você vai precisar de um plano pago em uma das melhores ferramentas.

recomendamos as ferramentas Ahrefs ou Majestic. Elas são de longe as 2 ferramentas de banco de dados de backlinks mais abrangentes.

Quando você deseja analisar uma página específica (de uma SERP), você simplesmente deve inserir a URL dela na caixa de texto em uma dessas ferramentas.

Então, é assim que você olha para a quantidade, mas como você olha para a qualidade?

Um link de alta qualidade vale mais do que centenas ou milhares de links de baixa qualidade, por isso é importante não apenas ir por números.

Você poderia examinar a qualidade de cada link individualmente. O link de alta qualidade é:

  • em uma página que tem um monte de links para ela própria
  • relativamente no início da página
  • encontrado naturalmente no texto da página (cercado por descrição apropriada)
  • está em uma página relevante
  • está em uma página sem muitos links (o poder do link é dividido pelo número de links na página)

Em outras palavras, um bocado de coisas.

Seria impossível avaliar isso para cada link.

Felizmente, as ferramentas de banco de dados de backlinks tem uma boa solução para nós. Elas tentam algoritmamente determinar a qualidade de cada link. Não é perfeito, mas é muito bom.

No Ahrefs, cada página e domínio possui uma pontuação:

  • Classificação da URL: Uma pontuação que representa a qualidade e a quantidade global dos links que apontam para uma URL específica, em uma escala de 0-100.
  • Classificação do domínio: uma pontuação que representa a qualidade e a quantidade global dos links que apontam para qualquer lugar do domínio, também em uma escala de 0-100.

Majestic é um pouco diferente. Ele usa 2 métricas:

  • Fluxo de Confiança: Pontuação puramente baseada na qualidade dos links da página que você analisou.
  • Fluxo de Citação: Uma pontuação com base na quantidade de links para a página que você analisou.

Em geral, o fluxo de citação será um pouco maior do que o fluxo de confiança, mas se é mais do que cerca de 1,5 vezes superior, é provável que a página possua um monte de links de baixa qualidade.

Em vez de verificar manualmente a qualidade de cada link para uma página, nós usaremos essas métricas (ou similares) para uma verificação rápida.

 

Fator Relevância

Quando se trata de resultados de busca, a relevância é o fator mais importante.

Quando alguém procura por “mesas amarelas”, eles vão se decepcionar a menos que encontrem uma página sobre mesas amarelas.

Há muito tempo atrás, relevância foi determinado principalmente por ter a palavra-chave exata no domínio, título e corpo da página.

No entanto, o Google agora é ótimo em pegar sinônimos, juntamente com a intenção do usuário.

Então, agora, se um pesquisador procura por “mesas amarelas”, o Google sabe que ele provavelmente quer resultados onde possa “comprar uma mesa” e não um artigo sobre o que é uma mesa amarela. Essa é a intenção do usuário.

Além disso, o Google também incluirá sinônimos de mesas amarelas nos resultados. Então, você pode ver os resultados para “mesas de ouro” ou “bancadas amarelas.”

Este é um fator que você terá que avaliar manualmente. Eu não citei uma ferramenta desse porte e confiável para isso.

Podemos olhar basicamente para a densidade ao escolher palavras-chave, mas é muito difícil de entender a intenção do usuário e incluir os sinônimos certos sem olhar manualmente em uma página.

 

Satisfação do Usuário

Isso está relacionado com a relevância, mas existem algumas diferenças na forma como vamos avaliá-lo.

Isso também precisa ser feito manualmente, mas podemos olhar para alguns fatores diferentes para determinar o quanto os usuários normalmente gostam da página.

Como não podemos ver coisas como taxa de rejeição e tempo na página, temos de confiar em informações públicas.

Em primeiro lugar, podemos começar com quantos compartilhamentos sociais que ele tem.

Uma página que todo mundo adora terá uma quantidade razoável de compartilhamentos sociais.

Então, se nós vemos uma página com poucos compartilhamentos (em nichos onde as pessoas não têm vergonha de compartilhar), sabemos que provavelmente os visitantes não estão totalmente satisfeitos.

Fale Conosco

botao-whatsapp

Um comentário em “Palavras chave em SEO

  1. Pingback: Power Business Digital | Consultoria em Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *